apresentação
introdução
Sobre mim
orgulhos
controlo de pragas
dicas
espécies criadas
Livro de Visitas
Assine o meu livro de visitas
 
dicas

Quando se vai adquirir um Inseparável, é necessário ter em atenção os seguintes pontos:

-As aves estarem anilhadas

- Aquisição em lojas especializadas / Aquisição em criador

- Nunca comprar só um inseparável (tentar escolher o seu amigo (a))

- A ave deve ser saudável

- se a ave não estiver bem, em princípio terá as penas tufadas;

- não apresentar defeitos no bico, nem nas patas;

- apresentar uma boa plumagem;

- não apresentar sinais de diarreia e

- verificar se o pássaro não se encontra mal nutrido (magro);

- Se pensar fazer criação, prepare-se para uma tarefa menos fácil mas aliciante, na maioria das espécies, os machos e as fêmeas são totalmente iguais, e a dificuldade está em arranjar casais compatíveis, talvez a maneira mais fidedigna de tentarmos acertar na distinção do sexo, é por apalpação, junto à zona da cloaca (ânus dos pássaros). Ao passarmos levemente o dedo na zona dos ossos pélvicos (a ave deve estar bem agarrada sem estar muito contraída), verificamos dois ossos largos com alguma elasticidade nas fêmeas e nos machos os dois ossos situam-se muito mais juntos. Esta técnica é mais fidedigna quanto mais adulta for a ave, no entanto deveremos ter em atenção de que uma ave adulta a partir do quarto ano de idade não deve ser adquirida para criar.

Híbridos - é bom falar um pouco nesta situação ou opção

- A hibridação de duas espécies, não deverá ser feita, pois ajuda a acabar com as linhagens puras, a hibridação além de ter como resultado aves não férteis, apesar de alguns cruzamentos originarem aves férteis, não terão valor para nenhum criador sério. A conservação de um fenótipo puro é muito importante pois irá ajudar no apuramento de mutações.

Esta é a minha opinião, no entanto e quando se proceda a processos de hibridação, os compradores dos exemplares, deverão ser informados do que estão a adquirir.



- Devemos pensar também na compra ou construção de uma “ enfermaria ” , que consiste numa gaiola onde poderemos controlar a temperatura para aquecer e servir de recuperação a alguma ave doente.


 Jorge Guerra
 Viseu - Portugal
 961131953
 jorgeguerra.viseu@clix.pt